O ônus da cadeira

A grande e maravilhosa cadeira de chefe. Geralmente maior, mais confortável, mais aerodinâmica e suntuosa – talvez pra aguentar um corpo cansado de tanta coisa pra administrar ao mesmo tempo; tanta gente pra atender, tanto problema pra resolver, tanta política pra fazer, tanta decisão pra tomar. Bem-vindos à liderança real. Assim como a maternidade, a […]

Leia mais...

Crie expectativas SIM – e aprenda a lidar com a frustração

Volta e meia fica popular no Facebook uma frase que pode vir acompanhada de uma foto do horizonte ou de uma estrela de Hollywood (não entendo nenhum dos dois símbolos atrelados, mas ok): basicamente a mensagem diz pra criar cachorro, filho, peixe, mas nunca NUNCA expectativas. Eu fico muito intrigada com essas coisas. Porque só […]

Leia mais...

Referências profissionais podem não servir pra nada – Parte 1

Calma. Eu posso explicar. Até servem, mas eu recomendo parcimônia. É muito comum que RH´s e Headhunters, principalmente quando estão recrutando para níveis Executivos, considerem as referências profissionais anteriores como respaldos para decisões de contratação ou, até mesmo, de desclassificação de candidatos. Vamos partir do princípio que, se é o candidato que oferece o contato, […]

Leia mais...

Ser um exemplo significa…

… ser referência ética, ser honesta, não mentir; … saber mais que meu time; … ter sempre a resposta ou o caminho pra resolver um problema; … ter um comportamento adequado, não perder a calma, não explodir, principalmente em público; … estar atualizada; … ouvir, ponderar, argumentar, não ser autoritária; … controlar os sentimentos no […]

Leia mais...

Do que são feitos os seus sonhos?

É ano-novo e esse poderia ser mais um texto sobre como definir metas, ser grata, disciplinada e ganhar aquele corpo perfeito em sete dias úteis (porque corridos complica, né, fim de semana, etc). Ou poderia ser um texto sobre como conseguir aquele emprego dos sonhos, já que, afinal, estamos no Linkedin. Mas não é. Eu […]

Leia mais...

O Para Sempre que não existe

Essa coisa que assombra a gente. Que angustia e coloca a ansiedade como convidada de honra no meio do nosso estômago em chamas. Nada de serenidade, respiração profunda ou semblante refletindo a paz: o Para Sempre é um punhado de vento e água que a gente jura que consegue segurar bem firme com as duas […]

Leia mais...

QUER MAIS INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS?